NVIDIA desenvolve supercomputador para carros autônomos

 

A NVIDIA está investindo no desenvolvimento de um supercomputador chamado Drive PX 2 voltado para carros autônomos. De acordo com o relatado, a máquina teria um processamento semelhante ao de seis placas de vídeo Titan 8, além de alcançar 24 trilhões de operações por segundo. A tecnologia já havia sido mencionada em janeiro.

Jen-Hsun Huang, CEO da NVIDIA, afirmou que o projeto da empresa é o primeiro supercomputador para carros autônomos. O CEO defende que a potente máquina auxiliaria no aprendizado profundo da tecnologia, para que, neste caso, o carro “saiba” o que fazer em diferentes situações.Reprodução

 

O Drive PX 2 mostra que a NVIDIA está interessada em desenvolver tecnologia para as novas áreas como a dos veículos autônomos. A empresa também anunciou o DIGITS, uma plataforma de aprendizagem profunda que já está em testes. Através desse mecanismo os carros autônomos conseguem carregar em nuvem todo aprendizado adquirido, que pode ser compartilhado com outros veículos. A Volvo será a primeira empresa a adotar a tecnologia do Drive PX 2 oficialmente.

link:http://olhardigital.uol.com.br/games-e-consoles/noticia/nvidia-desenvolve-supercomputador-para-carros-autonomos/61464

NVIDIA desenvolve supercomputador para carros autônomos

 

A NVIDIA está investindo no desenvolvimento de um supercomputador chamado Drive PX 2 voltado para carros autônomos. De acordo com o relatado, a máquina teria um processamento semelhante ao de seis placas de vídeo Titan 8, além de alcançar 24 trilhões de operações por segundo. A tecnologia já havia sido mencionada em janeiro.

Jen-Hsun Huang, CEO da NVIDIA, afirmou que o projeto da empresa é o primeiro supercomputador para carros autônomos. O CEO defende que a potente máquina auxiliaria no aprendizado profundo da tecnologia, para que, neste caso, o carro “saiba” o que fazer em diferentes situações.Reprodução

 

O Drive PX 2 mostra que a NVIDIA está interessada em desenvolver tecnologia para as novas áreas como a dos veículos autônomos. A empresa também anunciou o DIGITS, uma plataforma de aprendizagem profunda que já está em testes. Através desse mecanismo os carros autônomos conseguem carregar em nuvem todo aprendizado adquirido, que pode ser compartilhado com outros veículos. A Volvo será a primeira empresa a adotar a tecnologia do Drive PX 2 oficialmente.

link:http://olhardigital.uol.com.br/games-e-consoles/noticia/nvidia-desenvolve-supercomputador-para-carros-autonomos/61464

Atualização de Aniversário do Windows 10 tem inutilizado webcams de usuários

O Windows 10 recebeu no início de agosto seu principal update no ano, a chamada Atualização de Aniversário. Além de trazer novos recursos, como a Cortana em português, e corrigir alguns bugs do sistema, o update também trouxe problemas para alguns usuários.

A atualização parece derrubar o suporte a dois formatos de compressão de vídeo muito populares: os codecs H.264 e MJPEG. Isso tem feito com que milhões de usuários percam acesso às suas webcams externas, aquelas que se conectam ao PC por meio de um cabo USB.

Os usuários prejudicados dizem que não conseguem mais fazer transmissões estáveis pelo Skype (que pertence à Microsoft) e até que perderam totalmente acesso às câmeras de algumas marcas populares, como a Logitech. A Microsoft diz que está trabalhando numa correção, mas não revelou quando ela deve ser disponibilizada.

link: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/atualizacao-de-aniversario-do-windows-10-tem-inutilizado-webcams-de-usuarios/61435

Novo app do Google permite fazer chamadas em vídeo mesmo com internet ruim

O Google lançou, no fim dessa segunda-feira, 15, o Duo, um aplicativo de conversas em vídeo que se propõe a ser um dos mais simples e funcionais do mercado.

O app proporciona conversas entre duas pessoas com uma interface limpa e promete funcionar mesmo nas conexões mais lerdas. Para isso, o app reduz a resolução dos vídeos à medida que a velocidade da rede diminui.

Apresentado há cerca de três meses, o Duo tem como principal diferencial um recurso chamado Knock Knock, que mostra a pessoa que está ligando ao vivo antes que o destinatário atenda à chamada — algo tão interessante quanto perigoso, já que a pessoa não tem controle sobre o que verá quando estiver recebendo a chamada.

O Google diz que as conversas são criptografadas de ponta a ponta, o que faz do Duo um app teoricamente seguro. A novidade está disponível para Android e iOS, mas, como o lançamento é recente, o Google avisa que pode demorar algum tempo para que ela possa ser baixada no mundo todo.

link:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/novo-app-do-google-permite-fazer-chamadas-em-video-mesmo-com-internet-ruim/61261 

Microsoft anuncia mudanças no sistema de atualizações do Windows 7 e 8.1

A Microsoft vai adotar uma prática um pouco mais eficiente de atualizar o Windows 7 e o 8.1, inspirada no que a empresa tem feito com a versão 10 do sistema. Agora, estas versões mais antigas do sistema receberão atualizações cumulativas, o que é um alívio para quem está atrasado com os updates.

Nas versões anteriores do sistema operacional, a prática era a de liberar vários pacotes individuais de atualização a cada mês. Se o tempo passava e o PC não era atualizado, o processo de realizar a atualização se tornava um martírio, uma vez que a máquina precisava baixar às vezes centenas de pacotes de updates e, no processo de instalá-los, reiniciar várias vezes. Quem precisou instalar recentemente o Windows 7 e precisou atualizá-lo sabe como a situação é desagradável.

No Windows 10, isso é feito de uma forma um pouco mais inteligente. As atualizações ainda são disponibilizadas em pacotes individuais, mas a Microsoft agora libera pacotes cumulativos frequentes. Isso significa que, se você passar muito tempo sem atualizar um PC, você só precisa baixar um pacote gigante com todos os updates necessários, o que é mais eficiente.

A Microsoft já havia sinalizado a chegada de algo do tipo em maio, quando a empresa lançou um pacote de atualizações com todos os updates desde o Service Pack 1 do Windows 7 (mas não chamou de Service Pack 2, por algum motivo).

A empresa deve começar a colocar o plano em prática em outubro deste ano, quando lançará o pacote cumulativo daquele mês com todas as atualizações do Windows 7 e 8.1. Os pacotes mensais seguintes também incluirão os anteriores. Além disso, a empresa planeja que a partir de 2017 começará a “voltar no tempo” para incluir atualizações anteriores à implantação das novas práticas, provavelmente até o Service Pack 1 do Windows 7 e o lançamento do Windows 8.1.

Link: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/microsoft-anuncia-mudancas-no-sistema-de-atualizacoes-do-windows-7-e-8-1/61259

Confira 7 sintomas de que seu Android está infectado

Facebook e Netflix podem pedir que usuários troquem de senha; entenda por quê

Grandes sites, como o Facebook e a Netflix, podem em breve pedir que os usuários alterem suas senhas quando elas coincidirem com uma palavra-chave já usada que foi roubada por criminosos. De acordo com o especialista em cibersegurança Brian Krebs, a tendência é que as empresas consigam identificar senhas vazadas e "forcem" os usuários para que eles se mantenham seguros.

ecentemente, hackers venderam milhões de credenciais roubadas no LinkedIn, Tumblr e MySpace obtidas há alguns anos. Muita gente tende a reutilizar senhas pela facilidade em se lembrar delas. Além disso, as pessoas acreditam que, por terem se passado muitos anos, estão seguras novamente.

De acordo com Krebs, a Netflix já começou a mandar e-mails de redefinições de senha depois do último grande vazamento. A empresa, aparentemente, usa uma ferramenta lançada em 2014 que busca logins que vazaram.

Como é de se imaginar, a melhor maneira de garantir a segurança é usar uma senha exclusiva para cada conta online e eliminar contas que não são mais utilizadas.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/fique_seguro/noticia/facebook-e-netflix-podem-pedir-que-usuarios-troquem-de-senha-entenda-por-que/59080

Aparelho de ouvido promete traduzir qualquer língua em tempo real

Um aparelho eletrônico que parece um ponto no ouvido promete revolucionar para sempre todas as relações entre falantes de diferentes idiomas. Segundo os criadores do “The Pilot”, o produto traduz as conversas em tempo real.Diga adeus àquelas situações nas quais você fica perdido em um país desconhecido e não faz ideia nem de como perguntar onde é o banheiro na língua local. Pois esse aparelho auricular entende o que está sendo comunicado e, em seguida, te diz o que a pessoa quis dizer.
 
 Até o momento, há somente as opções de idiomas inglês, italiano, espanhol e francês. O “The Pilot” sairá à venda a partir do mês de setembro, no valor de 129 dólares (cerca de R$ 450). Sua função revolucionária está inclusive rendendo comparações com o Peixe Babel, da série O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams.Há também a possibilidade de sincronizá-lo com um aplicativo de celular, que contém um programa de tradução.   
 
 
 

Pesquisador explica por que cérebro humano não funciona como um computador

Um artigo científico escrito pelo pesquisador sênior em psicologia do American Institute for Behavioral Research and Technology na Califórnia, Robert Epstein, procura explicar os motivos pelos quais os computadores jamais poderão reproduzir com exatidão o funcionamento de um cérebro humano.

O artigo é divulgado em um momento em que cada vez mais empresas apostam na inteligência artificial para exercerem funções antes dadas à humanos.

Ao que explica no texto, nós viemos ao mundo dotados de capacidade sensitiva, reflexos e de mecanismos de aprendizado. No entanto, não nascemos com grandes quantidades de informação armazenada em nossos cérebros e não possuímos qualquer algoritmo de programação que nos faz criar uma representação visual de um estímulo. Tampouco adquirimos isso durante a vida.

Segundo a análise, os computadores literalmente processam a informação, seja ela derivada números, letras, palavras, fórmulas, imagens ou qualquer tipo de dado que possa ser transformado em algo que a máquina entenda e possa trabalhar. Em suma, os computadores trabalham com representações simbólicas do mundo.

Mesmo assim, ao longo dos séculos pesquisadores, filósofos, cientistas, matemáticos e diversos outros profissionais tentaram comparar o funcionamento do cérebro com um de uma máquina utilizando-se de diversas metáforas e expressões como “processamento e análise de dados”.

O estudo, que pode ser lido na íntegra, procura desmitificar o assunto e deixar claro que somos organismos, e não máquinas. E que, por essa razão, não funcionamos da mesma maneira.

fontes: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/pesquisador-explica-por-que-cerebro-humano-nao-funciona-como-um-computador/58473

           https://aeon.co/essays/your-brain-does-not-process-information-and-it-is-not-a-computer

 

 

Descubra tudo o que o Google sabe sobre você

Ao usar gratuitamente serviços do Google como o Gmail, o Google Drive, o YouTube e até o simples serviço de buscas da companhia, todas as pessoas concordam em oferecer em troca informações pessoais que podem ser usadas pela empresa para ajudar anunciantes a encontrar o público certo. O Google sabe mais sobre você do que você imagina.

A gigante de buscas possui diversos métodos para aprender sobre seus usuários. Além de captar os dados, os sistemas conseguem deduzir seus interesses com base no que eles procuram e clicam. Veja como ver tudo o que o Google sabe sobre você:

1. Todos os sites já visitados

Reprodução
Abra a página 'Atividade na web e apps'. Caso o recurso esteja ativado, será possível visualizar todas as páginas da web que o usuário já visitou.

Se desejar, é possível excluir as informações clicando no ícone de três pontos na parte superior à direita e, em seguida, Excluir opções. Selecione o item desejado. Se quiser apagar tudo, selecione "Avançado" e defina "Todo o período".

2. Localização

Reprodução

O Google possui um histórico de localização que mostra uma espécie de "linha do tempo", mostrando lugares onde o usuário esteve e utilizou o Google Maps ou outro serviço de localização. Clicando no botão de configurações, é possível visualizar as informações em um mapa.

3. Todos os dados

Reprodução

Clicando no ícone de configuração no canto direito inferior da tela, é possível visualizar a opção "Fazer o download dos seus dados". A ferramenta permite selecionar quais serviços devem ser incluídos no relatório e clique em "Avançar".

Reprodução

Depois disso, basta selecionar o tipo de arquivo e o método de entrega. Clique em "Criar arquivo".

Reprodução

O processo pode demorar alguns dias, dependendo do tamanho do arquivo gerado. Entre as informações contidas há fotos postadas, arquivos enviados e outros dados.

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/descubra-tudo-o-que-o-google-sabe-sobre-voce/58047

Microsoft e Google fazem as pazes e removem processos de uma contra a outra

 

Por baixo do aparente clima de competição amigável entre empresas de tecnologia, diversas ações legais são disparadas de todos os lados regularmente. O Google e a Microsoft, porém, decidiram pôr um fim nessa briga judicial e anunciaram que vão remover todos os processos que uma move contra a outra em todo o mundo.

A maioria desses processos diz respeito a uso de patentes e supostas irregularidades denunciadas em órgãos de controle. "Nossas empresas competem vigorosamente, mas queremos fazer isso com os méritos dos nossos produtos, não em procedimentos legais", disse o Google por meio de um porta-voz.

Por sua vez, a Microsoft reforçou o discurso. "Concordamos em suspender nossas reclamações jurídicas contra o Google, em um reflexo de nossa mudança de prioridades legais. Vamos continuar com o foco em competir vigorosamente pelo mercado e pelos consumidores", disse a empresa em nota.

Google e Microsoft também disseram que, a partir de agora, tentarão resolver seus problemas amigavelmente, a princípio sem envolver processos ou reclamações em órgãos regulatórios. Essa não é, porém, a primeira vez que ambas entram em um "acordo de paz". Em setembro do ano passado, as companhias encerraram uma disputa que já durava dois anos por conta de patentes envolvendo o Android.

Fonte:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/microsoft-e-google-fazem-as-pazes-e-removem-processos-de-uma-contra-a-outra/57521