Apple e Samsung se unem para matar o chip de celular

 

O SIM card está morrendo, e sua falta provavelmente não será sentida. Depois de anos diminuindo progressivamente de tamanho, Apple e Samsung, as duas maiores fabricantes de smartphones no mundo, estão discutindo com a indústria de telecomunicações o fim do tradicional chip, que dará lugar a uma solução virtual.

Segundo o Financial Times, as empresas conversam com a GSMA, associação que controla o sistema telefônico GSM, usado pela maioria das operadoras de telefonia no mundo. O objetivo é a criação do E-SIM, que, de forma resumida, permite que o usuário troque a operadora do celular sem precisar trocar o chip do seu aparelho.

A sigla E-SIM se refere a “embedded SIM”, cuja tradução seria “SIM incorporado”. O nome dá a entender que o usuário não teria mais acesso ao chip do celular. No entanto, isso também não seria necessário, já que você pode trocar de operadora sem precisar mexer no seu smartphone.

O primeiro passo já foi dado pela Apple há pouco tempo, com o iPad Air 2. Nos EUA, é possível optar pelo Apple SIM, uma solução própria para o cartão SIM virtual. No entanto, o impacto na indústria não foi muito grande, e as operadoras não abraçaram a ideia.

O E-SIM não deve ser um padrão imediato, e o chip tradicional deve continuar sendo dominante por algum tempo, porque ele ainda é muito usado no mundo todo. No entanto, várias grandes operadoras já estão no barco, como AT&T, Deutsche Telekom, Etisalat, Hutchison Whampoa, Orange, Telefónica, Vodafone. Se mais fabricantes e operadoras decidirem apoiar o padrão, o chip SIM como conhecemos hoje deve morrer em alguns anos

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/apple-e-samsung-se-unem-para-matar-o-chip-de-celular/49835

Gmail finalmente promove recurso que permite cancelar e-mail enviado

Seis anos depois de surgir como experimento no Gmail, o recurso que desfaz o envio de e-mails finalmente foi promovido pelo Google.

A funcionalidade existe desde março de 2009, quando foi lançada no Labs, laboratório de recursos experimentais do Gmail. Na última segunda-feira, 22, porém, o Google anunciouque o cancelamento agora faz parte nativa do seu serviço de e-mail.

Para configurá-lo, basta acessar as configurações do Gmail e procurar por "Cancelar envio". Lá é possível informar o período de cancelamento em segundos.

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/gmail-finalmente-promove-recurso-que-permite-cancelar-e-mail-enviado/49318

Como limpar arquivos inúteis que se acumulam no Android

Armazenamento é um recurso preciosíssimo nos smartphones de hoje, e normalmente ele é escasso. Todos podem se beneficiar de um pouco mais de espaço livre, mas nem todos tem um slot para cartão microSD. A solução, neste caso, é fazer a limpeza de arquivos inúteis para  ganhar um pouco mais de liberdade para gerenciar seus arquivos. 

Há vários modos de limpar o armazenamento do seu celular, com alguns apps especializados. A maioria deles mira principalmente a limpeza do cache, arquivos que ficam guardados para que sites ou aplicativos sejam abertos com mais agilidade depois do primeiro acesso. 

Confira as dicas: 

Avast Cleanup
Um novo app do Avast para liberar o espaço. Ele analisa o armazenamento do seu celular para avaliar arquivos inúteis que possam ser apagados sem danos ao usuário. Ele também faz uma varredura avançada, permitindo até mesmo desinstalar aplicativos inteiros que estejam ocupando mais espaço do que deveriam.

Reprodução 

Clean Master
Uma boa alternative ao Avast Cleanup que mostra o consumo do espaço em disco do seu celular. Ele faz uma varredura para detectar arquivos considerados “lixo” que se acumulam no seu aparelho. Dependendo do tempo passado desde sua última limpeza, o volume destes arquivos pode chegar à casa dos gigabytes.

Reprodução 

DiskUsage
Um recurso mais avançado para visualizar graficamente o que está mais ocupando espaço no seu celular, similar ao utilíssimo WinDirStat para os PCs com Windows. Ele faz o scan do seu aparelho e mostra blocos que mostram proporcionalmente o que mais usa o armazenamento do seu aparelho. Selecione um dos blocos e pressione o botão Show para obter mais informações. 

Reprodução 

Como fazer isso sem nenhum aplicativo
Entre nas Configurações do seu aparelho e acesse a opção Armazenamento. O Android possui ferramentas que listam o que mostram onde você está gastando a maior parte do espaço do aparelho e oferece as alternativas para que você mesmo faça a limpeza. 

Pressionando Dados em Cache, o sistema questionará se você quer limpar o cache do aparelho. Apenas confirme e a limpeza será feita.

 Você também pode acessar a opção Dados de apps e conteúdo de mídia. A página mostra quais aplicativos estão ocupando mais espaço no seu aparelho. No meu caso, como é possível ver no exemplo abaixo, é o Google Play Música, que, além do app, tem alguns gigabytes de música armazenados.

 ReproduçãoReproduçãoReprodução

Se eu quisesse, eu poderia limpar rapidamente todos os dados vinculados ao Google Play Música. Basta pressionar seu nome na lista de apps e, na nova página, selecionar Limpar Dados. Você pode repetir o procedimento com qualquer app que esteja ocupando mais espaço do que você acha que deveria. 

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/veja-como-limpar-arquivos-inuteis-que-se-acumulam-no-android/49309

Windows 10 chega em 29 de julho; veja como reservar a atualização

A Microsoft confirmou hoje que o Windows 10 chega aos computadores em 29 de julho e que os usuários do Windows 7 ou 8.1 já podem reservar a atualização, que será gratuita. 

Reprodução

 

 

Os usuários que desejarem podem se cadastrar após receberem a notificação de reserva e no dia do lançamento eles terão seus PCs atualizados automaticamente. 
Reprodução

Para instalar, é preciso ter um computador com processador de 1 gigahertz, 1 GB de RAM para 32 bits ou 2 GB para 64 bits, 16 GB em disco rígido para 32 bits ou 20 GB para 64 bits, placa gráfica DirectX 9 ou posterior com driver WDDM 1.0 e tela de 1024×600.

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/windows-10-tem-data-confirmada-e-voce-ja-pode-reservar-a-atualizacao/48871

Fuja das chamadas indesejadas e aprenda fazer o bloqueio no Android

O sistema Android disponibiliza para os usuários a opção de enviar ligações indesejadas diretamente para a caixa de mensagem. Por padrão, para evitar essas ligações, é necessário adicionar o número na agenda do smartphone.

Abaixo, você vê como fazer o procedimento. O tutorial foi realizado com o Android 5.0 e é semelhante em outras versões do sistema operacional.

Como bloquear chamadas indesejadas no Android
  • Reprodução
    1.
    Para adicionar o número na agenda, basta digitar o número do telefone e, em seguida, selecione a opção ?Criar um novo contato", localizada na parte superior da tela.Foto: Reprodução
  • Reprodução
    2.
    Confirme o número de telefone, coloque nome e selecione a seta (sinal de check) que aparece ao lado esquerdo da tela.Foto: Reprodução
  • Reprodução
    3.
    Entre na agenda telefônica do celular. Edite o perfil da pessoa que será bloqueada (entre no ícone do lápis).Foto: Reprodução
  • Reprodução
    4.
    Selecione os três pontos ao lado direito da tela.Foto: Reprodução
  • Reprodução
    5.
    Logo em seguida, é necessário marcar a última opção "Enviar para correio de voz". Após o processo, o número que ligar para seu telefone será encaminhado para o correio de voz automaticamente.Foto: Reprodução
     
     
     
     

Quatro truques para melhorar a cobertura Wi-Fi

  • É possível melhorar a conexão Wi-Fi com alguns truques

    É possível melhorar a conexão Wi-Fi com alguns truques

Você tem uma rede de internet sem fio em casa, mas não consegue acessá-la na sala de estar? O computador fica lento demais em determinado cômodo do domicílio?
Problemas assim são muito comuns. No entanto, é possível melhorar a cobertura da rede doméstica fazendo algumas mudanças e revendo algumas decisões tomadas para preparar a conexão.
Aqui estão alguns conselhos que você pode adotar para melhorar o acesso Wi-Fi na sua casa.

 

1) Confira se o roteador está em um lugar adequado

Faz alguns anos que você instalou a rede de internet sem fio na sua casa, mas é preciso parar e analisar qual é o melhor lugar da sua casa para colocar o roteador.
Talvez você tenha escolhido um canto meio escondido para não interferir muito na decoração da casa nem na disposição dos móveis.

Thinkstock
Os obstáculos interferem na qualidade do sinal

Mas o roteador funciona com ondas, como as de rádio ou as do seu celular, ou seja, qualquer obstáculo no meio do caminho - uma cortina, um livro etc. - pode interferir na sua cobertura.
A melhor estratégia é colocá-lo em um lugar alto, pois assim o sinal se expande para baixo e para os lados e ele fica livre de objetos ao redor.
Como o sinal se espalha em todas as direções, o melhor é colocar o roteador no centro do cômodo. Também é importante que você o coloque no local da casa onde mais irá utilizá-lo.
Alguns dispositivos, como telefone sem fio e microondas, podem interferir no sinal, por isso o ideal é não colocar o roteador perto desses itens.

 

2) Mudança de canal

É possível que, se você é o único da vizinhança com uma rede Wi-Fi no seu prédio, seu sinal seja bom. Mas, sendo realista, isso é muito pouco provável. Muita gente tem conexão de internet sem fio atualmente e, com certeza, a sua rede está funcionando no mesmo canal que a de alguns dos seus vizinhos.

Thinkstock
Se a casa for grande, é possível que o sinal não chegue a todos os cômodos

Fazendo algo simples - escolher o canal que está mais livre -, você pode melhorar muito a cobertura do seu Wi-Fi.
Existe uma variedade de aplicativos que te permitem saber qual canal você deve escolher.
Um dos mais usados é o WiFi Analyzer, para Android, que proporciona gráficos para ver qual canal está utilizando cada roteador para depois recomendar os melhores.
Para mudar o roteador de canal, você pode perguntar à empresa fornecedora do roteador ou usar o manual de instruções, se o aparelho for seu.

 

3) Proteja-se dos ladrões

Se, apesar de tudo isso, sua rede continuar funcionando com lentidão, pode ser que estejam "roubando" seu Wi-Fi.

Thinkstock
Sua rede também pode estar sendo 'roubada' pelos vizinhos

Para verificar isso, você pode usar alguns dos programas ou aplicativos que existem no mercado para indicar quais dispositivos estão conectados à sua rede em um determinado momento.
Se houver alguém usando sua rede, você deve ir às configurações do seu roteador para bloquear o acesso e limitar quem pode se conectar ao seu Wi-Fi por meio do MAC (controle de acesso à mídia) - para fazer isso, existem muitos tutoriais disponíveis na internet.
Outra coisa que você deve fazer é mudar a sua senha imediatamente.
O melhor é sempre combinar letras e números e evitar senhas óbvias, que, apesar de fáceis de lembrar, são muito simples para que outros possam roubar.

 

4) Melhore o alcance do seu roteador

Se você já tentou todas as opções anteriores e não conseguiu solucionar o problema, talvez não reste outra alternativa que não a de instalar um dispositivo adicional - especialmente se você vive em uma casa com vários pisos ou paredes muito grossas.

Thinkstock
Instale um repetidor para aumentar o alcance do sinal



A primeira opção são os repetidores de Wi-Fi, que se conectam ao roteador por meio de um cabo Ethernet e reenviam o sinal a dispositivos mais remotos.
Esses repetidores devem estar sempre conectados por cabo com o roteador, o que pode causar uma inconveniência.
Por isso outra opção seria utilizar um dos chamados dispositivos PLC, ligados ao cabeamento da rede elétrica.

 

fonte: http://tecnologia.uol.com.br/noticias/bbc/2015/05/15/quatro-truques-para-melhorar-a-cobertura-wifi-na-sua-casa.htm

8 dicas para diminuir o consumo de memória do Chrome


Embora seja um dos navegadores mais utilizados do mundo, o Google Chrome também é um dos que mais consome memória RAM, o que pode deixar o PC lento e irritar alguns usuários. Listamos 9 dicas para reduzir o consumo e ajudar a minimizar este problema:

1. Desative extensões

As extensões facilitam a navegação, mas consomem muita memória. Lembre-se de excluir as que você não estiver utilizando e use bookmarlets no lugar. Eles funcionam como os bookmarks regulares e ainda contam com memória adicional. Clique em Configurações>Extensões e remova as que desejar. Se preferir, digite chrome://extensions para abrir a página.

2. Feche as abas que você não estiver utilizando

O Chrome é um navegador multi-processo, o que significa que para cada guia, ele executa um processo separado. Quanto mais abas abertas, maior a chance de o navegador travar.

3. Altere o modelo de processo do Chrome

Pensando na última dica, é possível ainda mudar o modelo de processo utilizado. Para executar o Chrome em um único processo, é necessário ter um atalho do navegador. Clique e ‘Destino’ e digite ‘—single-process’.

4. Elimine os temas

Clique em ‘Configurações’ e ‘Temas’ e redefina para o tema-padrão do browser.

5.  Adicione um botão para limpar a memória

Vá em ‘Propriedades do Chrome’ e em ‘Destino’ insira ‘-purge-memory-button’ depois de "C: Program FilesGoogleChromeApplicationchrome.exe". Abra o 'Gerenciador de Tarefas' do Chrome e perceba o aparecimento de um botão dedicado a limpar a memória. Este método pode liberar cerca de 10 MB.

6. Exclua dados de navegação

O  Chrome pode salvar imagens, vídeos e outros dados em cache para facilitar o acesso aos sites, mas essas informações também consomem memória. Em ‘Ferramentas’, clique em ‘Limpar dados de navegação’ e elimine as informações em ‘o começo’. Todos os dados serão apagados.

7. Redefina as configurações do navegador

Clique em ‘Configurações Avançadas’ e em ‘Redefinir configurações’. O Chrome vai funcionar como quando foi instalado no PC pela primeira vez.

8. Fique atento a extensões e tarefas desconhecidas

Além de evitar que o navegador fique lerdo, esta é uma medida de segurança. Qualquer extensão que não tenha sido instalada pelo próprio usuário deve ser imediatamente eliminada.

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/8-dicas-para-diminuir-o-consumo-de-memoria-do-chrome/48495

Android domina 90% do mercado brasileiro de smartphones


De acordo com informações da Kantar WorldPanel ComTech para o primeiro trimestre de 2015, em março desse ano o sistema operacional Android respondia por 89,6% do mercado de smartphones brasileiro. Em janeiro, essa participação chegou a 90,8%.

A fatia do mercado brasileiro correspondente a dispositivos iOS foi de 3,9% em janeiro para 3,3% em março - seu maior valor histórico foi de 8,3%, em janeiro de 2012. O Windows Phone, no primeiro trimestre, foi de 3,8% para 6,3% do mercado.

Na América Latina, a pesquisa de mercado abordou, além do Brasil, México e Argentina. O Brasil é o país da região no qual o Android é mais forte, e a Argentina é o que tem menor participação desse sistema, com 81,6%. O Mèxico é o país latinoamericano com maior presença do iOS, com 6% do mercado.

Europa

A Apple, no entanto, teve bastante crescimento no mercado europeu. A participação de seu sistema operacional na Espanha, França, Grã-Bretanha, Alemanha e Itália (os cinco maiores mercados europeus) chegou a 20,3% - um aumento de 1,8% com relação ao ano passado.

Além disso, segundo a chefe de pesquisa da Kantar WorldPanel Comtech Carolina Milanesi, no primeiro trimestre de 2015 "32,4% dos novos clientes vieram para o iOS do Android". Isso mostra, segundo ela, uma migração considerável de consumidores de uma plataforma para outra. A participação do Android nesse mercado caiu 3,1% com relação ao mesmo período do ano passado.

EUA e China

Nos Estados Unidos, o iOS foi de 42,8% do mercado para 36,5% nos primeiros três meses de 2015. O windows Phone se manteve entre os 4% e %5 no período. No entanto, a China agora representa um volume de vendas maior que o dos EUA para a Apple. No gigante asiático, a empresa detém 26,1% do mercado. Em algumas das faixas de renda utilizadas para pesquisa, o aumento do market share do iOS chegou a 10,1%

Pacífico

Dos mercados pesquisados, porém, Japão e Austrália são aqueles em que a presença do sistema operacional do Google á mais fraca: 52,3% nos dois. Na Austrália, a Apple é responsável por 38,4% do mercado. No Japão, a participação do iOS no mercado é de 45,1%, já tendo chegado a 68,7% em dezembro de 2013.    

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/pro/noticia/android-domina-90-do-mercado-brasileiro-de-smartphones/48392

Microsoft prepara Windows 7 e 8 para receber Windows 10 de graça


 A Microsoft já divulgou que vai disponibilizar uma versão gratuita do Windows 10 para quem tem Windows 7 e 8 por meio de atualização. Agora, a empresa está preparando os PCs para receberem o novo sistema.

Reprodução

O update opcional, chamado KB3035583, permite recursos adicionais às notificações do Windows Update. Segundo o site Myce, a atualização vai avisar o usuário quando o Windows 10 estiver disponível para ser baixado e instalado. 

A atualização vem sendo distribuída desde 28 de março para Windows 8.1 e Windows 7 Service Pack 1. A previsão de lançamento da versão final do Windows 10 é entre julho e setembro de 2015.

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/microsoft-prepara-windows-7-e-8-para-receber-windows-10-de-graca/47823

Brasileira descobre possível substituto do silício

Uma brasileira está entre os pesquisadores que descobriram um material capaz de substituir o silício - e que, de acordo com eles, pode ser melhor que o grafeno, que vem sendo apontado pela indústria como o sucessor natural do silício.

Seu nome é Cristiane Morais Smith e ela é professora do instituto de física teórica na universidade de Utrecht, na Holanda. O material descoberto se chama telureto de mercúrio, um derivado do telúrio e do próprio mercúrio.

Em entrevista à Info, Cristiane contou que ela e os colegas chamam a descoberta de “Santo Graal dos materiais”. Isso porque o telureto de mercúrio possui características do grafeno, incluindo sua alta condutividade, mas sendo isolante e condutor.

O formato do material, inclusive, é semelhante ao do grafeno, com ua estrutura que lembra um favo de mel. Ao invés de possuir átomos de carbono, entretanto, ele carrega nanocristais de mercúrio e telúrio.

As aplicações, de acordo com a professora, estão “além da nossa imaginação”. A revista Nature, que faz análises sobre descobertas, aceitou publicar a de sua equipe, um indicativo de que de fato há interesse da comunidade científica.

 

fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/brasileira-descobre-possivel-substituto-do-silicio/47586

Recurso de ligações do WhatsApp já está disponível no Brasil

A tão especulada função de ligações chegou ao WhatsApp brasileiro. Desde o fim da última semana usuários locais têm relatado que a novidade já aparece em seus smartphones, mas por ora apenas quem usa Android consegue vê-la.

Embora algumas pessoas tenham visto a atualização surgir de forma espontânea, a maioria dos relatos vem de gente que baixou a partir da versão 2.11.552 do WhatsApp no site do aplicativo. E é preciso que algum contato que já tenha recebido a novidade te ligue para que o recurso passe a funcionar no seu aparelho.

Essa versão acrescenta uma aba "ligações" à página principal do app, assim como um ícone correspondente. A qualidade da rede influencia na qualidade da chamada; assim, ligações feitas em conexão Wi-Fi fluem bem, os problemas começam quando o usuário passa a depender do 3G.

Ainda não há informações sobre quando a novidade estará disponível a todos os usuários.